08 Coisas que aprendi em 3 três anos de casada


Olá Flores!!!!

Esse mês eu completei três anos de casamento e parei pra refletir um pouco sobre o que mudou na minha vida e o que eu aprendi nesses três anos que estou vivendo como esposa. 


Na verdade tudo muda e muitas coisas deixam de ser prioridade quando a gente casa, mas tudo que vivemos ao lado de quem amamos sempre vale muito a pena, então foi difícil listar apenas 08 coisas que eu aprendi nesse tempo, mas eu espero que vocês gostem e se identifiquem um pouco com algumas situações.

1. Casamento não é conto de fadas

Muitas mulheres consideram o namorado um príncipe, e muitos são mesmo, inclusive o meu. Mas quando a gente casa muuuita coisa muda e a gente vai descobrindo que nem tudo é maravilhoso como nos contos de fadas e que o marido tem defeitos, às vezes fica impaciente, vai te pirraçar de vez em quando, ou mesmo preferir o futebol ou o videogame do que um passeio com você...rsrsrsrsrs... Mas independente de qualquer coisa o que importa é o amor e a cumplicidade que estão acima de tudo, quando se decide estar casado.  

2. Reconhecer os próprios defeitos é importante

Taí uma coisa que aprendi e que fez diferença no meu modo de tratar o meu marido, quando estamos chateadas ou brigamos por algum motivo sempre queremos ter razão e na maioria das vezes tapamos os olhos pros nossos erros e defeitos e só vemos o defeito do outro, isso pode gerar brigas desnecessárias das quais depois a gente se arrepende.

3. Algumas prioridades mudam

Depois do casamento muitas das minhas prioridades mudaram um pouco de foco, a minha prioridade passou a ser o meu casamento, a família que formei com meu marido, por exemplo, o meu dinheiro não é mais só meu porque eu divido a vida com outra pessoa, então, eu não compro só o que eu quero, eu priorizo as obrigações e depois as coisas que são secundárias. Outro exemplo é o tempo, que eu dedico mais à família, claro que não deixo de fazer as coisas que sempre gostei, mas fui descobrindo coisas e gostos novos e diferentes com o casamento.

4. Duas cabeças pensam melhor que uma

Essa foi uma descoberta feliz pra mim, desde que comecei a namorar eu percebi o quanto um pode ajudar o outro em diversas situações, e no casamento isso ficou mais intenso, a gente se ajuda e juntos conseguimos pensar e fazer muitas coisas juntos, tanto pro benefício do casal como de cada um individualmente.



5. Dividir o mesmo teto não é fácil

Essa é uma das partes mais desafiadoras de casar porque dividindo o mesmo teto as diferenças se tornam mais evidentes e a gente vai descobrindo algumas coisas que não sabia ou não tinha percebido no namoro, cada um estava acostumado à sua própria família, então é bem difícil se acostumar com a forma de ser do outro e de fazer as coisas, cada um tem suas manias e às vezes isso é motivo de conflito, mas, como tudo é questão de adaptação a gente vai aprendendo e moldando a forma de ser da nossa própria família.

6. Empatia é sempre importante

Ter empatia, ou seja, se colocar no lugar do outro é algo que tenho aprendido mais recentemente e que têm feito a diferença na minha vida e no meu relacionamento conjugal. Muitas vezes nós brigamos, ficamos chateados/magoados, e até contra a pessoa que amamos e geralmente só vemos o nosso lado, e não queremos nem saber o lado do outro independente de quem tenha razão. Por isso, é importante desenvolver a capacidade de se colocar no lugar do outro e tentar entender cada situação dos dois pontos de vista pra se chegar a um consenso. Isso é fácil? De jeito nenhum, na verdade é extremamente difícil, especialmente se tiver uma personalidade forte, mas os benefícios de se esforçar pra isso são maiores que a dificuldade em ver o lado outro. 

7. Ter os mesmos objetivos de vida 

Apesar de termos personalidades bem diferentes, ter os mesmos objetivos de vida foi algo que sempre nos aproximou como casal. Como queremos as mesmas coisas da vida não é difícil conviver e construir uma vida juntos porque é exatamente o que queremos fazer. Quando se ama uma pessoa, mas cada um quer algo diferente da vida a relação acaba desgastando e na maioria das vezes não vai pra frente porque cada um está em busca de seus próprios objetivos e isso leva a caminhos diferentes, por isso é tão importante querer as mesmas coisas, ter os mesmos objetivos, pois, dessa forma um vai ajudar o outro e assim, fortalecer a relação.

8. Cada um precisa do seu espaço

Respeitar o espaço e a individualidade é algo necessário, cada um precisa de um tempo pra fazer as coisas que gosta e curtir um pouco além do ambiente familiar. Vou compartilhar um exemplo disso: meu marido joga uma pelada com os amigos todo domingo desde que era adolescente e ele não troca esse jogo por nada, NADA mesmo.....rsrsrsrsrsrs.... Quando começamos a namorar eu já sabia disso e sempre respeitei, hoje ele ainda continua jogando essa pelada com seus amigos e mesmo que às vezes eu queira fazer outra coisa e até fique irritada por ele preferir o jogo ao invés de sair por exemplo, eu procuro sempre entender que esse é o momento dele relaxar e fazer o que gosta, então no fim fica tudo bem.

Essas foram algumas das muitas coisas que eu tenho aprendido desde que me casei há três anos, e se eu fosse colocar tudo passaria o resto da vida falando sobre isso, porque relacionamento é assim, a gente aprende e ensina um ao outro todos os dias. E o saldo desses três anos casada com meu amor é mais que positivo é maravilhoso. Todos os dias passamos por lutas e alegrias e assim vamos construindo nossa vida juntos.


Espero que tenham gostado, eu sei que cada pessoa tem experiências diferentes e essa foi a minha, me contem nos comentários os aprendizados que vocês tiraram dos seus relacionamentos, eu vou amar saber.

Um abraço e até a próxima!!!!

5 comentários:

  1. Lilian, parabéns pelo blog! Tá muito bonito, super bacana mesmo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Fillipe, estou me dedicando mais agora que formei fico feliz que tenha gostado!! Saudades!!! Abraço!!

      Excluir
  2. É isso mesmo. Vou fazer dois anos de casada, mas sei em todo lar as situações são as mesmas ou parecidas kkk
    Pra mim o que pesou bastante foi a questão de dividir o teto kk isso é ótimo em alguns aspectos, mas em outros... Apesar de meu maridinho ser tranquilo, às vezes me irrita as baguncinhas e o fato de eu ter que limpar as sujeirinhas dele. Kk mas ele me ajuda muito também.
    Gostei do post e de você dividir sua experiência conosco.
    Um beijo <3

    www.chuvanojardim.com.br


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rê, vida de casada não é fácil, mas é maravilhoso estar ao lado de quem amamos. Beijihos!!!!

      Excluir
  3. Gostei imenso de ler o seu post e de conhecer o seu blog :D
    Beijinho, tudo de bom!!
    O Blog da Sofia

    ResponderExcluir

© Lilian Damares / 2016. Todos os direitos reservados.
Design por: Poderon Design.
www.poderondesign.tk